O Processo da Aceitação em Terapia de Aceitação e Compromisso (ACT)

23/04/2014

A Aceitação é um dos processos mais importantes da Terapia de Aceitação e Compromisso (ACT). Umas das propostas do Terapeuta ACT é ajudar seus clientes/pacientes a aprenderem a se aceitarem como uma pessoa completa, com todos os seus erros, imperfeições, fraquezas, forças e talentos - o pacote inteiro. 

 

Aceitação em ACT significa ter a disposição de participar no processo da vida de uma forma ativa e aberta. Entretanto, quando clientes ouvem a palavra "aceitação", geralmente reagem negativemente pois interpretam que isso envolve deixar de lado, desistir, ou perder a batalha. A este processo a ACT define como aceitação passiva ou resignação.

 

Na ACT o Terapeuta não espera que os seus clientes desistam. Não se propõe a idéia de pedir aos clientes para simpesmente sentir a sua ansiedade, ou a sua tristeza ou sentimentos outros, pelo simples fato de senti-los, como se esse fosse o fim do processo, e nada mais seguisse daí. Pelo contrário. Na Terapia de Aceitação e Compromisso (ACT) convidamos os clientes a experienciarem seus sentimentos quando surgem, em serviço dos passos da vida que eles desejam traçar a partir do agora, em direção da pessoa que ele/ela realmente gostaria de ser.

 

A Aceitação quebra a batalha que traçamos com pensamentos, sentimentos, e emoções que temos dificuldades. Remove a necessidade de ter que engajar em uma constante guerra com os mesmos, como um pré-requisito para se viver uma vida com sentido e significado depois.

 

Em ACT, a aceitação oferece aos clientes o espaço, e a plataforma de práticas de Mindfulness e observação para o desenvolvimento de Flexibilidade Psicológica.

 

Texto:

Vitor Friary

Diretor do Centro Mindfulness

Rio de Janeiro

www.vitorfriary.com

 

Please reload

Destaque

Interação entre Mudanças Neuroanatômicas e Psicológicas Após Treinamento de Mindfulness

11/11/2014

1/10
Please reload

Recente
Please reload

Procure por palavras-chave