Você não precisa de Meditar para Meditar!

22/06/2016

 

Hoje eu sentei no jardim do Centro de Mindfulness para pegar um pouco de sol. Coloquei minha cadeira bem debaixo de uma pequena árvore. Dali, ouvi os cantos do pássaro. Apreciei a parte que estava sentado, meio escondido do sol, embora meu rosto e minhas pernas expostas ao calor. Fechei meus olhos, e me dei conta da presença do meu corpo sentado ali. Abri mão de toda as agendas do que deveria ou não acontecer. Apenas presenciei a minha vida acontecendo e as sensações que estavam presentes comigo. Dando-me conta desta Presença, percebi que eu fazia parte daquele jardim. Aquele calor que eu sentia era um presente, e pouco tinha a dizer sobre isso além de "Obrigado Sol", e perceber na pele sua presença, nada mais. Nem precisava agradecer, pois o Sol não ouve o que a nossa mente diz. Bem, pelo menos não que eu ou a Ciência saiba que sim.

"Interessante foi realizar que em nenhum daqueles momentos eu havia Meditado. Apenas reconheci um pequeno trecho da minha vida com abertura e presença. Nada mais do que isso."

 

Por vezes, as pessoas fazem uma associação de que Meditar requer de nós muito esforço. E que será de alguma maneira difícil, longo, e que de alguma forma nossas sensações ou sentimentos vão dificultar esse processo. 

 

Ora bem, aqui está um exemplo clássico de como isso não requereu de mim nenhum esforço, além daquele de posicionar a cadeira no lugar entre o sol e a sombra. Eu apenas cai dentro do meu corpo. Sem agenda, sem tentar me sentir melhor. Apenas estava acordado enquanto vivia naquele espaço de tempo. Acabou sendo gostoso, mas poderia não ter sido, e se assim o fosse, eu encontraria uma maneira de fazer as pazes com isso.

 

Para meditar não é preciso meditar. O que quero dizer com isso, é de que não preciso ser perfeito, não preciso sentir-me bem ou mal, nem com vontade de ficar acordado ou parado. Não preciso ficar longos periodos fazendo isso.

Para meditar  não é preciso meditar, basta acordar na experiência deste momento, abrindo mão da pressa de querer chegar a algum lugar ou de precisar de fazer alguma coisa, bastando simplesmente SER.


Vitor Friary é autor de artigos científicos, palestrante, psicólogo e especialista em Terapia de Aceitação e Compromisso e Terapia Cognitiva baseada em Mindfulness.

 

Please reload

Destaque

Interação entre Mudanças Neuroanatômicas e Psicológicas Após Treinamento de Mindfulness

11/11/2014

1/10
Please reload

Recente
Please reload

Procure por palavras-chave