A pressa é inimiga da perfeição: quem multitarefa perde tempo e se cansa mais fácil

17/07/2018

Um estudo do Instituto Nacional Francês de Saúde e Pesquisa Médica (INSERM) diz que fazer mais de uma tarefa ao mesmo tempo resulta na perda de atenção aos detalhes e fez com participantes da pesquisa cometessem três vezes mais erros. Mas como isso pode prejudicar você?

 

 

Você com certeza já ouviu o ditado de que “a pressa é inimiga da perfeição”. E se você ainda não ouviu falar da expressão multi-tarefa, então fique ligado, porque a sua sanidade mental pode ter uma relação direta com esse comportamento. Mas então o quê isso significa?

 

Multitarefar significa fazer muitas coisas ao mesmo tempo, tipo assistir muitos videos na internet ao mesmo tempo, ter várias abas abertas no navegador de internet, ou realizar atividades domésticas ou no trabalho sem terminar uma tarefa de cada vez e misturar tudo.

 

Quem multitarefa geralmente não tem consciência de que faz isso e percebe o tempo como um tirano. Acreditam que 'só vão conseguir dar conta do seu dia a dia se realizarem muitas atividades ao mesmo tempo'. Também acreditam que ‘o tempo nunca é suficiente e é curto demais para tanta coisa’, por isso crêem que a única saída é fazer muitas coisas ao mesmo tempo. Essa forma de pensar positiva acerca do comportamento do multitarefar é perigoso. E agora sabemos por evidência científica que também é um grande erro.

Fazer as coisas no piloto automático e em formato multitarefa pode te prejudicar porque diminui a sua capacidade de reconhecer, investigar e responder às situações com clareza, flexibilidade e paciência.

 

O comportamento da multitarefa aumenta a experiência de ansiedade e agitação interferindo com o funcionamento da atenção, que fica mais dispersa e dividida entre diferentes assuntos ao mesmo tempo. Imagina a energia que o os recursos que o cérebro humano precisa para acessar diferentes informações e dar respostas a diferentes demandas? Basta você fazer um experimento: abra o seu navegador de internet e abra umas 10 páginas de assuntos diferentes, busque ler um parágrafo ou uma seção de cada página, trocando de aba a cada 2 minutos, e vai percebendo o impacto disso no seu interior emocional e mental.

 

Note o cansaço e a a experiencia desse esforço. É possível que com esse experimento você se dê conta do impacto deste comportamento em você. O problema é que a maioria das pessoas que multitarefam não se dão conta do impacto desse comportamento em seu bem-estar emocional, físico e mental, e também podem não ter a informação de como realizar uma tarefa por vez, com foco e consciência possa ser diferente.

 

Mindfulness pode ajudar a completarmos tarefas com mais eficiência e nos ajudar a ter mais atenção aos detalhes​.

 

 

Hoje sabemos que realizar atividades de momento a momento, uma ação de cada vez, permite que a nossa atenção seja bem mais aproveitada. Esse estado de atenção plena no que estamos fazendo de momento a momento, também conhecido como mindfulness pode ajudar a completarmos tarefas com mais eficiência e nos ajudar a ter mais atenção aos detalhes, o que por sua vez pode gerar um resultado bem mais positivo. 

 

Para que você mude o hábito de multi-tarefar vai ser preciso que você traga essa nova atitude em mente, talvez pensando assim ‘eu sei que multi-tarefar não me faz tão bem assim, deixa eu me permitir diminuir a velocidade e fazer uma tarefa de cada vez. Eu só vou mudar de tarefa quando eu atingir essa meta’. Por incrível que pareça essa forma de pensar pode mudar o tom da ação da pessoa e pode interferir com o grau de atenção e foco utilizados naquele instante.

 

Uma outra maneira de aumentar foco e até mesmo de recarregar as baterias é parando por apenas três minutos, e sentando de forma ereta e olhos fechados, convidar-se a libertar-se temporariamente da necessidade de correr ou fazer tantas coisas para apenas focar na respiração. E ficar parado sentindo o ar entrar e sair, e somente isso por três minutos.

Para que você mude o hábito de multi-tarefar vai ser preciso que você traga uma nova atitude em mente antes de tudo.

 

Esse treino da atenção focada na respiração por um período curto de tempo por sintonizar com a ideia de que uma tarefa de cada vez pode ajudar a concluir aquela meta com mais tranquilidade e fôlego. Como utilizamos a nossa atenção no dia a dia tem um impacto direto na nossa saúde emocional, então portanto realizar pequenas intervenções para o manejo da atenção através de práticas de atenção plena (mindfulness) como esta podem ajudar bastante.

 

Autor: Vitor Friary

 

 

 

 

Prof. Vitor Friary é autor do livro Mindfulness para Crianças - Manual para Pais e Terapeutas. É formado em Psicologia pela London Metropolitan University na Inglaterra e fundador do Centro de Mindfulness e Redução de Estresse no Brasil.

 

 

 

 

 

 

Ligue (21) 2523-9572 ou WhatsApp: (21) 97030-0770

 

 

 

 

Please reload

Destaque

Interação entre Mudanças Neuroanatômicas e Psicológicas Após Treinamento de Mindfulness

11/11/2014

1/10
Please reload

Recente
Please reload

Procure por palavras-chave