Buscar
  • Vitor Friary

Reconhecendo e agradecendo os pequenos instantes durante a quarentena

Atualizado: Jun 18




E por quê não transformar a crise em oportunidade? Agora é a hora para tornar público aquilo que é bom nas suas relações. Muitas vezes presenciamos gestos de carinho, amor e dedicação dentro das relações familiares, que julgamos serem banais e deixamos passar desapercebidos. Pois bem, agora é hora de agradecer. Agradeça pelas pequenas coisas que seu companheiro(a) faz por você, que você nem tem a chance de agradecer na corrida apressada do dia a dia. Você também pode fechar os olhos no fim de um dia, e trazer à mente cinco coisas que aconteceram dentro de casa hoje, por mais que pequenas que você possa considerar momentos de gratidão. Lembre-se que quando estamos com raiva é mais difícil reconhecer algo de bom que tenha acontecido, mas persista e você vai encontrar. Talvez algo que você ouviu, um abraço repentino. Alguém pegou uma xícara e colocou café para ti. Alguém compartilhou uma notícia boa contigo. Ou talvez alguém sorriu e você capturou esse momento. Todos esses momentos podem parecer pequenos, mas na realidade são suficientes para provocar uma explosão de hormônios de felicidade e gratidão dentro do seu cérebro chamado ocitocina que aumentam empatia, amor e bondade nas relações. Por outro lado, a quarentena pode dar a você aquela oportunidade de aprender mais sobre com quem você vive. Praticar uma escuta consciente e curiosa sobre como as pessoas estão, suas ideias, ou suas preocupações e medos. Ouvir atentamente, e deixar de lado a velha mania de pensar que você é o único(a) que se preocupa, sofre ou trabalha e se dá mais do que os outros. A meditação mindfulness com foco nas sensações da respiração, por mais simples que seja, ajuda nessas horas a criar espaço dentro de você para reduzir a agitação da mente ruminativa e preocupante. Com esse espaço fica mais fácil ver as pequenas grandes coisas, e ter uma empatia inicial que permita esse outro trabalho de conexão durante essa quarentena.


Lembre-se de visitar a nossa página de meditações mindfulness gratuitas, inscreva-se em algum de nossos cursos e grupos terapêuticos ou informe-se sobre atendimento individual de terapia para o tratamento de sintomas mais intensos e graves de depressão ou ansiedade. Ligue ou envie um WhatsApp para (21) 97030-0770.

0 visualização